NOTÍCIAS

Quinta-FEIRA, 08/11 14:09
No Brasil, 1/3 da vegetação nativa está em áreas pobres

Um terço da cobertura vegetal nativa do Brasil está concentrada em áreas pobres, que deveriam ser consideradas prioritárias para a conservação de espécies. Esse e outros dados fazem parte de um diagnóstico sobre a biodiversidade do País, apresentado nesta quinta-feira, 8, por cientistas brasileiros. O documento reúne informações para dar subsídio à tomada de decisão de gestores nessa área.

O Brasil é um dos países mais ricos em biodiversidade do mundo, mas enfrenta desafios. A situação se agravou nos últimos dez anos. Os principais causadores dessa perda ainda são a mudança do uso da terra, que leva à degradação ambiental, e, mais recentemente, as mudanças climáticas.

Nesta quinta-feira, uma versão resumida do 1º Diagnóstico Brasileiro de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos foi apresentada no Museu do Amanhã, no Rio. O trabalho, desenvolvido por dezenas de cientistas de diferentes áreas do conhecimento e várias partes do País, se inspira na iniciativa internacional de mapeamento do setor, o Painel Intergovernamental de Políticas Científicas sobre Biodiversidade e Ecossistema, coordenado por quatro agências da Organização das Nações Unidas (ONU).

Pobreza verde

A publicação brasileira compila informações e pesquisas sobre cobertura vegetal, culturas agrícolas, qualidade das águas, além da diversidade cultural do Brasil. São 398 municípios que reúnem três características: baixa renda, alta cobertura vegetal nativa e alta vulnerabilidade às mudanças climáticas. Segundo a pesquisa, mais de um terço (36%) da cobertura vegetal nativa do Brasil se concentra em 7% dos municípios brasileiros - e essas cidades abrigam 22% da população pobre brasileira.

Espalhadas pelos biomas da Amazônia, Cerrado e Caatinga, as localidades têm um desafio pela frente: tirar suas populações da pobreza mantendo a floresta de pé. Entre os municípios prioritários, a maior parte deles está localizada na Caatinga - um dos biomas mais destruídos e que, paradoxalmente, recebe menos atenção. Fora da Amazônia, a maioria (62%) dos pontos estratégicos não tem áreas de proteção ambiental, de acordo com a pesquisa.

Mesmo biomas que considerávamos pouco alterados, como dos Pampas e da Caatinga, isso na verdade se devia à falta de conhecimento. Eles estão passando por processos (de alteração) distintos, porque não são formações florestais como a Amazônia e a Mata Atlântica, mas que têm consequências desastrosas do ponto de vista da biodiversidade.

Pedra no sapato

Um dos objetivos do relatório, segundo os pesquisadores, é apresentar a biodiversidade não como uma pedra no sapato da economia brasileira, mas como um ativo. Para isso, o estudo também reúne informações sobre oportunidades que advém da diversidade brasileira. De acordo com a pesquisa, mais de 245 espécies da flora do País são base de produtos cosméticos e farmacêuticos e ao menos 36 espécies botânicas nativas possuem registro de fitoterápicos. A conservação da biodiversidade tem impacto, ainda, nos cultivos. Das 141 culturas agrícolas analisadas no Brasil, 85 dependem de polinização por animais. É uma coisa sistêmica no Brasil: a biodiversidade, os recursos naturais de modo geral, são tratados como um problema, quando no fundo são a solução.

MURAL

  • DE: cicero dias

    um grande abraço a famlia passarella em são jorge do patrocinio e a familia salles jacomini em francisco alves

    DE: Lipe

    Gostaria de mandar um beijão p/ minha esposa Gabi. Amor te amo. Mais não gosto quando vc sai com suas amigas. Beijo.

  • DE: Pedro

    mando um abração pra o Rodrigo estamos aki ligados na ilha em Angatuba sp.

    DE: Eliane Beijo

    Gostaria de ouvir apaixonado por vc da Vanessa Camargo, no sertanejo da ilha. Oferecer p/ minha amiga sumida Tati. Estou com saudades de vc. Vem na minha cidade

  • DE: Carla Beijo Mãe, paizão

    Gostaria de mandar um beijão para minha mãe Maria Aparecida, meu pai Valdir e minha irmã Brenda de Barretos SP. Estou com muita saudade de vcs. Vem logo me ver.

    DE: Mariana

    Ola, gostaria de mandar um beijão para minha linda amiga Helena Ester de Campinas SP. Estou com muita saudade de vc. Espero que encontramos logo. Aqui em Guairá

  • DE: Léu

    Gostaria de mandar um beijão para minha esposa Gabriela que está em Umuarama na casa dos pais dela. Amor vem embora logo. Te amo linda. Beijo.

    DE: Maria

    Gostaria de mandar um beijo para meu esposo José que está trabalhando no momento. Amor te amo. Fico triste sem vc. Beijo.

  • DE: Letícia

    Gostaria de mandar um beijão para minhas professoras Telma e Sandra de Guairá. Amo as duas. Excelentes profisssionais. Quando for aí, gostaria de velas. Beijo

    DE: nacionalgás7q

    manda um alo aqui pra nós de setequedas ms

  • DE: Patiricia

    Bom dia!desejo que vocês renovem todos os dias seu armazenamento de alegria de viver.. sempre levando essa alegria pra nossas vidas, alegria em ouvir a ilha

    DE: JOÃO LUIZ

    GOSTARIA DE OUVIR MILIONÁRIO E JOSÉ RICO CABECINHA E MANDAR PARA MEU GRANDE AMOR GABRIELA COM MUITO AMOR E CARINHO

  • DE: MARIA DE LURDES

    OI .... TOCA PRA MIM ZEZE E LUCIANO FLORES EM VIDA E MANDA PRA MINHA AMIGA LU QUE ESTA DE ANIVERSARIO

    DE: Sueli

    por favor toca chico rey e paraná

  • DE: Lipe

    Gostaria de mandar um beijão para minha esposa Gabriela de Umuarama. Gabi sou apaixonado por vc. Não aguento mais ficar longe de vc. Beijo meu amor. Te amo.

    DE: Mara andreia

    Boa tarde sou de Naviraí ms. Sempre ligadinha com vcs.

ENVIAR RECADO
Sábado, 20/05

I Love Flash Back - Umuarama 20-05-17

VER TODAS FOTOS
107 1 MHZ
Rádio Ilha FM | Central Ilha de Produções
Av. Rolândia Nº 3621 - CEP 87502-170
Umuarama - PR
TELEFONES
(44) 3626-1801
(44) 3056-1803
FREQUÊNCIA

FM 107,1 MHZ
E-MAIL

107@ilhafm.com.br
NEW