NOTÍCIAS

Quarta-FEIRA, 04/12 17:43
Como fazer mapeamento de riscos nas organizações em um mundo VUCA?

No mundo atual, as tecnologias se renovam a todo instante e a cada minuto hábitos de consumo são criados ou transformados, gerando incertezas e causando mudanças constantes no mercado. Com esse cenário desafiador, podemos considerar que este ambiente conturbado pode ser o novo modelo de normalidade.
 
VUCA é um conceito que define bem este momento, o termo originou-se nos anos 1990 com estudantes americanos do US Army War College para descrever o contexto pós-Guerra Fria. O mundo VUCA, que em português significa Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade, foi incorporada ao vocabulário corporativo recentemente, quando os gestores financeiros começaram a perceber que o planejamento estratégico convencional não estava mais dando conta de prever os cenários prováveis do mercado.
 
A adaptabilidade e o preparo para as mudanças que o mercado exige são qualidades cruciais para manter-se competitivo. Portanto, entender o contexto em que cada organização se encontra é imprescindível para a sustentabilidade do negócio, pois afeta diretamente a maneira como a empresa planeja o futuro, gere seus riscos, toma decisões, executa mudanças e resolve intercorrências.
 
Entendendo o conceito do mundo VUCA e o mapeamento de riscos nas organizações
Na era digital, a informação viaja a uma velocidade surpreendente. Atualmente, quase toda a população tem um celular com acesso à internet e perfis nas redes sociais, plataforma disseminação de dados em massa.
 
Um exemplo claro é a origem da primavera árabe, que foi fomentada pelo ato de protesto suicida de um vendedor tunisiano que ateou fogo no próprio corpo por ter tido o lucro do dia (aproximadamente U$ 7,00) confiscado pelas autoridades.

Naquele momento, em 17 de dezembro de 2010, se as pessoas não tivessem seus celulares para filmar e fotografar aquele ato do vendedor de frutas chamado Mohamed Bouazizi, a situação talvez não servisse de combustível para os jovens iniciarem uma revolução. Algo que foi possível graças aos milhares de compartilhamentos e acessos que as cenas ganharam.
 
O mapeamento de riscos nas organizações deve levar em consideração tais preceitos de Volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade, para entender situações, que, como aconteceu no exemplo citado, não aconteceriam ontem, da mesma forma como podem acontecer amanhã. Dada a questão tecnológica, o mundo hoje está ainda mais sujeito a black swans (cisnes negros), eventos possíveis mas até há pouco inimagináveis. Este termo tem origem na época em que os primeiros navegadores chegaram ao continente australiano e se depararam com cisnes negros, animal sem registros para os viajantes europeus.
 
Por mais recente que o mundo VUCA seja, os exemplos que servem como base de analise para entender os prováveis movimentos do mercado mudam com muita velocidade, quantas situações como a primavera árabe aconteceram tendo como linha de entendimento estes preceitos?
 
Para saber como fazer o mapeamento da sua organização de acordo com o mundo VUCA algumas perguntas devem ser respondidas: O seu modelo de negócios pode ser fortemente afetado por variações nas taxas de câmbio, juros? Decisões políticas? Escândalos e decisões judiciais?
 
Sendo assim, estar suscetível a mudanças é um fato imutável, contudo, o planejamento e organização prévios, são medidas cautelares capazes de conter grande a imprevisibilidade do mercado que o mundo VUCA oferece.  Muito mais cuidado deve ser dado aos riscos desconhecidos, pouco prováveis mas de grande impacto (cisnes negros) do que aos riscos conhecidos do dia a dia, que têm impacto de baixo a moderado.
 
* Julio Cardozo é diretor executivo de Riscos no Banco Cooperativo Sicredi
 
 
Fonte: Assessoria de imprensa  SICREDI

MURAL

  • DE: Diego Favaro

    Uma semana abençoada para todos nos, um salve pro pessal da Campo verde Tintas, sempre ligados na ilha!! pro Àdrian, Rose, pro Dhionatam!

    DE: Sandra

    Oi quero pedir a musica No mesmo lugar- João Mineiro e marciano Quero oferecer para meus amigos da fazenda estrela

  • DE: Eder Piquiri

    Eu queria ouvir romantica rio negro e Solimões

    DE: Eder Piquiri

    Alô para efraim e Cláudiao eo sassa e familia e pra nós aqui chacara frison

  • DE: Josiany

    Olá gostaria q vcs tocassem a música mimimi quem canta é Henrique Chinikoski. Muito linda.

    DE: welington

    bom dia...

  • DE: Diego Favaro

    Um salve pro Pessoal da Campo verde Materias de construçao, galera da Tinta que ta sempre ligado na ilha! pra Rose, o àdrian, pro Monda y pro Seu Ze afonso!!

    DE: welington

    bom dia

  • DE: testa

    um abraço pro pessoal da tinta da campo verde tintas, pro fardao e pro paraguaio e pro soneka!!

    DE: welington

    bom dia .

  • DE: Mariana

    Gostaria de mandar um beijão para meu esposo José Carlos que está trabalhando em Umuarama. Amor te amo lindo. Sou apaixonada por vc. Beijo

    DE: José

    Olá. Gostaria de mandar um beijão para minha esposa Maria Elen e filha Fabiane. Amor amo vocês. São tudo o que sempre quis para mim. Beijo

  • DE: Letícia

    Gostaria de mandar um beijão para minha amiga Josie. A 15 anos atrás te conheci. Sinto muita saudade de vc. Beijo sua linda.

    DE: welington

    sintonizado, bom dia.

  • DE: Roberto

    Olá. Gostaria de mandar um beijão para minha esposa Maria Vasconcelos e filhos Leonardo e José Márcio. Amor te amo. Vc e nossos filhos. São tudo para mim. Beijo

    DE: welington

    bom dia .vai la para pessoal da AGROPECUÁRIA CASA DO PRODUTOR.

ENVIAR RECADO
Sábado, 20/05

I Love Flash Back - Umuarama 20-05-17

VER TODAS FOTOS
Rádio Ilha FM | Central Ilha de Produções
Av. Rolândia Nº 3621 - CEP 87502-170
Umuarama - PR
TELEFONES
(44) 3626-1801
(44) 3056-1803
FREQUÊNCIA

FM 107,1 MHZ
E-MAIL

107@ilhafm.com.br
NEW