Esta é a última semana para que os produtores façam a atualização dos rebanhos. A campanha, obrigatória para todos os detentores de animais de produção de qualquer espécie, começou em 1º de maio e termina no próximo domingo. Segundo relatório parcial divulgado nesta segunda-feira pela Adapar, 71,3% das explorações pecuárias já foram atualizadas. A partir da próxima segunda-feira quem não atualizar o rebanho fica sujeito a penalidades previstas na legislação, inclusive multas. Além disso, aqueles que não cumprirem a exigência ficam impedidos de obter a Guia de Trânsito Animal, documento que possibilita a movimentação entre propriedades e para abate nos frigoríficos.

A Adapar passa a fazer busca ativa de rebanho com cadastro não atualizado podendo gerar multa. Os produtores podem usar o aplicativo Paraná Agro, o site da Adapar ou cumprir a obrigação presencialmente em uma das Unidades Locais da Agência, ou em Sindicatos Rurais ou Escritório de Atendimento mais próximo. O acesso ao sistema também está disponível de forma direta por meio deste link. Para fazer a comprovação, o produtor deve ter o CPF cadastrado. Conforme divulgado nesta segunda-feira pelo Departamento de Saúde Animal da Adapar, mais de 136 mil explorações pecuárias foram comprovadas.

Ainda estão pendentes atualizações de quase 55 mil. Até agora 11 municípios completaram 100% das atualizações, mas alguns ainda estão muito abaixo da média estadual. É o caso de Paranacity que, na última colocação, tem apenas 26% de atualização. O gerente de Saúde Animal da Adapar, Rafael Gonçalves Dias, alertou que a atualização do rebanho é importante para os próprios produtores, pois possibilita uma ação rápida nos casos de suspeita inicial de doenças nos animais.

O Paraná foi reconhecido internacionalmente como Área Livre de Febre Aftosa sem Vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal em 27 de maio de 2021. Como compromisso do Estado, há a necessidade de se fazer o cadastro de todos os animais uma vez por ano, durante os meses de maio e junho.

O acesso ao sistema também está disponível de forma direta por meio do link:

www.produtor.adapar.pr.gov.br/comprovacaorebanho

Para fazer a comprovação, o produtor deve ter o CPF cadastrado. Nos casos em que seja necessário ajustar o cadastro inicial (correção de e-mail ou outra informação), o telefone para contato é (41) 3200-5007.

Os produtores podem fazer a atualização também pelo site da Adapar ou presencialmente em uma das Unidades Locais da Adapar. Em Umuarama a Adapar está localizada na Rua José Honorio Ramos N 3687 Zona II., Sindicatos Rurais ou Escritório de Atendimento de seu município.