A Sanepar vai implantar um sistema de rodízio no abastecimento de água de Goioerê, na região Centro-Oeste, a partir de sexta-feira (03). A combinação das temperaturas elevadas acima da média, o período prolongado de estiagem e a consequente elevação no consumo de água obrigaram a Sanepar a adotar o sistema de fornecimento de água de forma escalonada. O principal poço e com maior capacidade de produção em Goioerê, perfurado na região de Jaracatiá, teve sua vazão reduzida em 50%.

A cidade foi dividida em cinco setores que terão o fornecimento de água interrompido um dia da semana. O horário da interrupção do fornecimento de água será sempre das 8 horas às 22 horas, com previsão de normalização a partir das 8 horas do dia seguinte.

“Foram tomadas medidas emergenciais para garantir o abastecimento, porém, mesmo com o auxílio de caminhões-pipas, não está sendo possível manter a regularidade no fornecimento de água. O rodízio é medida necessária para que os imóveis de todas as regiões da cidade recebam água tratada de forma igualitária”, explica a gerente regional de Campo Mourão, Araceli Stela.

Ela lembra que a medida é temporária e que se cada um der a sua contribuição e fizer a sua parte com o uso racional da água, a Sanepar vai poder amenizar os impactos da falta de água na cidade.

A Sanepar orienta para que a população priorize o uso da água. A recomendação é que a água seja utilizada prioritariamente na alimentação e higiene pessoal. As limpezas pesadas, lavagens de veículos, calçadas, fachadas e a irrigação de hortas e jardins são atividades que devem ser adiadas até que a situação volte à normalidade.

Reduzir o tempo de banho, acumular o maior volume de roupas para lavagem, fechar as torneiras enquanto se lava as mãos ou a louça são atitudes simples que podem ajudar na economia de água e fazer a diferença em benefício de toda comunidade.

Plano de rodízio para Goioerê – 03 a 31/05

Jardins Cidade Alta, Canadá, Morumbi, Europa, Mônaco e Parque Cidade Jardim. Dias sem água: sextas-feiras – dias 03, 10, 17, 24 e 31/05.

8h às 22h – Normalização a partir das 8 horas do dia seguinte.

Jardins Universitário, Agrovila, Cristo Rei, Itália, parte alta da Vila Guaíra, Santa Casa, Vitória Regia e Santa Mônica. Dias sem água: segundas-feiras – dias 06, 13, 20 e 27/05.

8h às 22h – Normalização a partir das 8 horas do dia seguinte.

Jardins Tropical, Bela Vista, Parque Industrial, Águas Calras, parte baixa da Vila Guaíra, Primavera (próximo a ACENG), Curitiba (entre as rua Tupis e o contorno Leste), Lindóia (entre as av. Rio de Janeiro e Santos Dumont). Dias sem águas: terças-feiras – dias 07, 14, 21 e 28/05.

8h às 22h – Normalização a partir das 8 horas do dia seguinte.

Jardim Lindóia (entre as av. Brasília e Mauro Mori). Dias sem água: quartas-feiras – dias 08, 15, 22 e 29/05.

8h às 22h – Normalização a partir das 8 horas do dia seguinte.

Centro (abaixo da Av. Daniel Portela até a Av. Pérola), Jardins Curitiba (das ruas Tupi até Paraguaçu), Primavera, Galiléia, Améria 1, 2 e 3, Vila Candeias e vila Rural Nossa Sr. das Candeias. Dias sem água: quintas-feiras – dias 09, 16, 23 e 30/05.

8h às 22h – Normalização a partir das 8 horas do dia seguinte.