NOTÍCIAS

Segunda-FEIRA, 15/02 13:32
UEM conquista recorde de 15 patentes concedidas pelo Inpi em 2020
Universidade também fez o maior número de depósitos, ou seja, pedidos de patente, em um único ano: 17 em 2020

No quesito de inovação tecnológica, 2020 foi bastante produtivo para a Universidade Estadual de Maringá (UEM): o ano fechou com 15 patentes concedidas pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), o que é um recorde para a universidade. A UEM também registrou em 2020 o maior número de pedidos de patente, com a marca de 17 solicitações ao Inpi.
Até a primeira quinzena de novembro, 11 patentes já haviam sido concedidas pelo Inpi à UEM no ano de 2020. Para relembrar quais são elas, leia aqui. Após essa reportagem, mais quatro foram concedidas: uma da área da Engenharia Mecânica, uma da Odontologia e duas da Farmácia.
A patente “Composições Farmacêuticas com Derivados de Quinoxalina para Tratamento da Doença de Chagas e Leishmaniose” é de titularidade conjunta entre Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Glaxosmithkline Brasil Ltda (GSK) e UEM. Tem como um dos inventores Celso Vataru Nakamura, professor aposentado do Departamento de Ciências Básicas da Saúde (DBS-UEM) e voluntário dos Programas de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PCF-UEM) e em Ciências Biológicas (PBC-UEM).
A invenção é um antiparasitário avaliado in vitro em Trypanosoma cruzi (protozoário causador de Chagas) e Leishmania amazonensis (parasita responsável pela leishmaniose); além de ter sido verificado se a substância seria ou não nociva a células de mamíferos. “Os medicamentos disponíveis para Chagas e leishmaniose são extremamente tóxicos, então há necessidade de busca de novos compostos que possam ser utilizados nos tratamentos”, expõe Nakamura. Ainda de acordo com o docente, a patente abre caminho para que sejam realizados testes pré-clínicos e clínicos.
A patente “Processo de Separação e Reciclagem Química de Embalagens Multicamadas” desenvolve uma tecnologia inovadora de reciclagem química do politereftalato de etileno (o popular PET) proveniente de embalagens multicamadas de alimentos, tais como de salgadinhos industrializados, bolachas recheadas e café embalado à vácuo. Por as embalagens desses produtos serem compostas por dois tipos de plástico e alumínio, há dificuldade para reciclá-las de maneira convencional, o que por consequência traz prejuízos ao meio ambiente.
Silvia Luciana Fávaro, chefe-adjunta do Departamento de Engenharia Mecânica (DEM-UEM) e docente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (PEM-UEM), uma das inventoras em conjunto com outros pesquisadores da UEM, explica que o processo utiliza hidrólise básica, ou seja, quebra de moléculas a partir da presença de água e hidróxido de sódio. “Com esta reciclagem, as embalagens multicamadas, que levam muitos anos para se decompor, não seriam mais jogadas em lixões e aterros sanitários. Temos a tecnologia em escala de laboratório e precisamos de investimento para criar esse processo em escala industrial”, declara.
As outras duas patentes concedidas no final de 2020 pelo Inpi à UEM são: “Fármaco Tirosol à Base do Fungo Diaporthe helianthi e “Resina Dental Livre de Bisfenol-a e de Baixo Conteúdo Lixiviável”. Clique nos respectivos links para conhecer melhor estas invenções.
 
Núcleo de Inovação Tecnológica
O Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Maringá (NIT-UEM) foi criado em 2008, vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PPG), com a finalidade de gerir a política institucional de inovação e propriedade intelectual.
Fomenta a inserção da UEM no processo de inovação nacional, colaborando para o desenvolvimento sustentável, a geração de riqueza e a melhoria da qualidade de vida da população, com base na inovação. Promove a proteção do conhecimento gerado na UEM e viabiliza a interação dela com o setor produtivo com vistas a propiciar a transferência de tecnologias, contribuindo com o desenvolvimento tecnológico e social do país.


Fonte: Assessoria de Comunicação Social

MURAL

  • DE: Sidneia Emborana

    O primo manda um alô aqui pra nós.

    DE: Vanderlei Locatelli

    Manda um alô Aki para Amambaí MS estamos curtindo a ilha Vanderlei locatelli

  • DE: Leonardo

    Toca ailton e leandro ai pra nois tchal brigado

    DE: Gaspar

    Olá. Gostaria de mandar um beijo para minha esposa Rosângela que está em Umuarama

  • DE: Telma

    Gostaria de fazer amizade com pessoas idonias e de boa fé.

    DE: Alberto

    Olá. Meu alô vai para minha esposa Sueli que tem paciência comigo. Hoje estamos completando 18 anos juntos. Vc é a melhor coisa que aconteceu na minha vida

  • DE: Fátima ama. Pode ficar

    Gostaria de mandar um recado para minha filha de Naviraí MS. Seu esposo vai chegar aí depois da semana que vem. Beijo a mãe te ama

    DE: Flavianna

    Manda um alô pra nós aqui de Goioerê e toda a região obrigada

  • DE: Marcos martins

    Bom dia ilha manda um alo pra todos da radio

    DE: Mariciele

    Boa tarde. Gostaria de mandar muitos beijos e abraços pra meu marido Valzinho e dizer que estou cm saudades e me dá notícias estou preocupada mais de mês sem no

  • DE: Élica Santana

    Adoro Ilha my love

    DE: Marcos Martins

    Oi ilha um alo pra todos da radio

  • DE: Marcos Martins

    Bom dia ilha manda um alo pra todos da rádio

    DE: Mariana

    Gostaria de mandar um beijo para locutora Dani. Amo seu trabalho

  • DE: Marcos Martins

    Olá radio ilha manda um alo pra todos da radio

    DE: Vanderlei

    Toca música do Baitaca pra mim Vanderlei de Amambai

ENVIAR RECADO
Sábado, 20/05

I Love Flash Back - Umuarama 20-05-17

VER TODAS FOTOS
Ilha fm
Rádio Ilha FM | Central Ilha de Produções
Av. Rolândia Nº 3621 - CEP 87502-170
Umuarama - PR
TELEFONES
(44) 3626-1801
(44) 3056-1803
FREQUÊNCIA

FM 107,1 MHZ
E-MAIL

107@ilhafm.com.br
NEW